Uma análise rápida sobre o Microsoft Power BI

Power BI é um programa de análise de dados criado pela Microsoft em 2015. O objetivo é fornecer visualizações interativas e recursos de business intelligence focando no usuário de negócio, ou seja, tende a ter recursos de self service bi.

Power bi não foi desenvolvido como uma ferramenta única, é uma combinação de capacidades de antigos suplementos do Excel: o Power Query, o Power Designer, o Power View e o Power Maps.

Para se ter uma performance boa com uma grande quantidade de dados é necessário utilizar outros recursos e ferramentas para adicionar processos de ETL e modelagem de dados.

Vantagens

  1. É uma plataforma muito forte na camada de visualização, com boas opções gráficas.
  2. Grande quantidade de conectores nativos
  3. Percepção de baixo custo e familiaridade com produtos Microsoft
  4. Realiza operações “real-time” com o Azure Stream Analytics
  5. Possibilidade de realizar perguntas para o painel em idioma natural
  6. Versão Gratuita para testes e aprendizado
  7. Análises avançadas com integração R pronta para uso
  8. Pode ser incorporado em uma página da web
  9. Releases mensais

Desvantagens

  1. Para suportar etapas complexas de transformação será necessário contar com outros produtos do stack Microsoft BI
  2. Implementações on-premises só através de parceiros
  3. O Microsoft Power BI possui capacidades espalhadas por vários produtos e plataformas, o que resulta num TCO mais elevado
  4. Interatividade limitada em dispositivos móveis
  5. Limitação de 10 GB de armazenamento por usuário(Pro)
  6. Não é muito bom em tratar requisitos de segurança complexos
  7. A linguagem de script DAX é complexa
  8. Não existe uma pesquisa global

Conclusão

Toda plataforma de business intelligence deve ser analisada de acordo com o objetivo da empresa. Todas as plataformas lideres de mercado possuem seus méritos e sua forma de trabalhar, imagine que a parte tecnológica refere-se a menos de 15% de um projeto inteiro e preocupações com data literacy, governança, processos, estratégias são mais criticas do que a ferramenta que vamos utilizar para manipular o dado e visualiza-lo, resumindo, ferramentas existem muitas e o Power BI pode dar um suporte suficiente para que sua empresa inicie a jornada data driven.

Author: Roberto Oliveira

Roberto Oliveira é escritor, desenvolvedor e palestrante especialista em Business Intelligence e Desenvolvimento web há 20 anos. Roberto foi o criador do evento QMeeting que reuniu + de 300 profissionais da área de BI e mais de 70 empresas para discutirem o futuro do mercado no Brasil e como melhorar a experiência do cliente na entrega do projeto em 2014 e 2015. Utiliza este blog para divulgar os conceitos de Business Intelligence e dicas das ferramentas Qlik.