fbpx

Qlik Sense

Quatro formas de analisar um dado

Roberto Oliveira
Escrito por Roberto Oliveira em 19/09/2016
Quatro formas de analisar um dado
Junte-se a mais de 3.500 pessoas

Entre para nossa lista e receba um ebook exclusivo sobre as fases do projeto de business intelligence

Quatro formas de analisar um conjunto de dados utilizando o Qlikview ou Qlik Sense.

Você sabia que existem formas diferentes de analisar dados de acordo com o objetivo que você tem? claro que a forma com que os dados se apresentam também influenciam nesta escolha, a presença de um analista de BI nesta hora é muito importante porém podemos dar 4 ideias que funcionam na maioria das vezes, muitas destas visualizações jã são utilizadas pelas empresas de modo intuitivo, veja abaixo:

Comparação

Normalmente em um projeto de BI queremos comparar algo com alguma coisa, por exemplo:

  1. Faturamento por mês;
  2. Resultado de vendas por vendedores;
  3. Total de reclamação por categoria de serviços;

Para este objetivo o gráfico de barras (Vertical ou Horizontal) é infalivel, veja o exemplo abaixo:

ui_gen_barchart

Composição

Em alguns casos algumas variáveis (tipo um produto ou uma forma de pagamento) influenciam mais o faturamento total do que outras, para isso podemos compor um gráfico onde podemos avaliar quanto cada parte compoe no todo, neste caso o gráfico de pizza ou rosca é o mais utilizado, porém podemos ser mais sofisticados e utilizar outros artificios tais como: gráfico de barra empilhado, gráfico waterfall e o gráfico de arvore ou blocos, veja as imagens abaixo para entender melhor.

grafico-blocos

sales_waterfall_chart

barra_empilhado

Distribuição

Divida seus dados para encontrar tendências, variações e itens “fora da curva”, quando queremos ter uma visão por cima, ou seja, uma visão geral de duas variáveis utilizamos o gráfico de dispersão, este é o meu preferido, com ele podemos visualizar que o produto que eu mais vendo possui uma margem de lucro quase negativa enquanto outros produtos que eu deveria dar mais destaque possui grande margem mas pouco giro. O histograma e grafico de linhas também encaixam muito bem aqui.

scatter

histogram

grafico-linhas

grafico-combinado

Relação

Este último caso parece muito com o objetivo acima, porém queremos agora saber o que pode ter causado tal comportamento, para isso a utilização de uma terceira váriavel é imprescindível, chamo este objeto de gráfico de bolhas, no exemplo abaixo temos um gráfico onde cada bolha é um vendedor da minha empresa e estamos analisando o faturamento X a quantidade de contratos, onde o tamanho da bolha é o ticket médio da venda, veja como ficou:

bolhas

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.